Delícias da culinária grega

Comidas

Azeite: muito utilizado na culinária grega.

Azeite: muito utilizado na culinária grega.

Já tínhamos mencionado no artigo “Um passeio pela Ilha de Rhodes” que a comida na Grécia é deliciosa. Aqui falarei um pouco mais sobre isso.

Para começar, impossível falar de culinária grega sem citar o azeite, renomado como um dos melhores do mundo. Chamado de líquido de ouro por Homero, foi intensamente usado na Antiguidade, não apenas na gastronomia, como também na limpeza, na perfumaria, nos cuidados com a beleza, na Medicina e na iluminação. Até hoje a oliveira é a maior cultura da Grécia e o país possui o consumo mais elevado de azeite per capita, sendo ele usado em praticamente todos os pratos, das maravilhosas saladas aos grelhados de dar água na boca.

A base da culinária grega consiste em usar ingredientes extremamente frescos. Graças ao clima e à posição geográfica, a Grécia produz verduras, legumes e frutas saborosíssimos, alguns dos quais são, inclusive, exportados para o resto da Europa, como os pêssegos, os damascos, os melões e as cerejas.

Mix Grill com tzatziki (pasta de iogurte de pepino com alho)

Mix Grill com tzatziki (pasta de iogurte de pepino com alho)

Os mezédes são as entradas, ou petiscos, e são muito variados e deliciosos. Destacam-se entre eles o tzatziki (se fala tasiki), pasta de iogurte com pepino e alho, pasta de beringela (melitzanosalata), charutinhos de folha de vinha (dolmadakia), a famosa salada grega com maravilhoso queijo Feta, frutos do mar grelhados e diversos queijos de produção caseira. Isso tudo acompanhado de Pita (espécie de pão árabe). Sem esquecer de experimentar o pistache grego, considerado o melhor do mundo.

Como prato principal pode-se optar por um Mix Grill, que reúne carnes vermelha, de porco, de carneiro, frango e uma deliciosa linguiça. Outras opções são um peixe grelhado ou um prato típico de massa como o Pastitsio (que lembra a lasanha) ou o Moussaka, a base de carne de carneiro e beringela.

Gyros Pita: sanduíche de carne com salada, molho e erolado com pita (pão)

Gyros Pita: sanduíche de carne com salada, molho e erolado com pita (pão)

Para um lanche rápido, o gyros Pita, churrasco grego servido no pão sírio, é uma refeição completa. Se não quiser o pão, a carne também pode ser servida no prato com salada e batatas fritas dos deuses! Talvez por causa do azeite.

Como sobremesa, além das frutas que normalmente são oferecidas pelos restaurantes, há doces variados e caseiros como os deliciosos baklavás (mil-folhas com amêndoas), os loukoumadés (espécies de sonhos), e o rizogalo (arroz doce), entre outros.

No café da manhã, além dos queijos, das frutas e dos diversos tipos de pães, não deixem de experimentar o iogurte e o mel, ambos de sabor incomparável e por isso, famosos em todo o mundo.

Bebidas

Ouzo: uma bebida típica da Grécia

Ouzo: uma bebida típica da Grécia

O vinho nasceu na Grécia, acredita-se que por volta de 4000 A.C, e na antiguidade não era usado apenas como bebida, mas também como remédio. Hoje em dia, são cultivados em todo o país cerca de 250 tipos de uvas usadas na produção de vinhos de excelente qualidade, que tem encantado enólogos de todo o mundo.

E para os que não abrem mão de uma cervejinha, existem também boas cervejas locais. A mais famosa é a Mythos, mas a Alfa e a Amstel também são bastante apreciadas.

Se a procura é por alguma coisa mais forte, a bebida típica da Grécia é o Ouzo (se fala uso), que tem gosto de anis e pode ser servida pura ou com água e gelo, lembrando um pouco o Pastis do Sul da França. Nos bares chamados de ouzerias encontram-se os melhores mezédes, além de bebidas variadas (em algumas dessas ouzerias pode-se até escolher os peixes e os frutos do mar que irão para a grelha). E para quem não gosta de anis, o Tsipouro e o Raki são destilados de uva também muito consumidos pelos gregos.

O agradável clima das tavernas gregas

O agradável clima das tavernas gregas

Os sucos de frutas naturais são um capítulo à parte e o café é uma mania na Grécia, onde ele pode ser saboreado de todos os jeitos: à maneira árabe, forte e com pó no fundo da xícara; à maneira italiana, num delicioso capuccino ou num encorpado expresso; ou gelado e batido, como os gregos costumam tomá-lo no verão.

Existem muitos restaurantes internacionais em Rhodes, principalmente italianos, mas, a nosso ver, nada se compara às típicas tavernas gregas.

Compartilhe

Esta entrada foi publicada em Turismo e marcada com a tag , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.